QUANTO COBRAR POR UMA PALESTRA?


Equipe Milpalestras


QUANTO COBRAR POR UMA PALESTRA?
(como falar em público) - Equipe Milpalestras


Uma questão bastante comentada entre os novos profissionais palestrantes é o valor a ser cobrado por uma apresentação. Influenciados pelo panorama econômico, aumento da demanda que eleva naturalmente os valores ou simplesmente pela concorrência, definir estas cifras tem deixado muita gente com dúvida.

Participando desta discussão, comentaremos alguns pontos relevantes, os quais auxiliarão no entendimento do mercado e apropriação de custos. Vejamos:

Para a produção de um evento de grande porte, os valores com deslocamentos pouco influenciam, pois por maior que seja a diferença de distâncias ente o palestrante A ou B, o gasto será pouco expressivo para o orçamento total, e muita das vezes o nome justifica o investimento. Em se tratando de um evento pequeno ou médio, mais direcionado ou sob encomenda, a situação já muda, podendo a distância ser a grande vilã da negociação muito embora, para estes eventos, o convite fique dentro da macro região. Também, para ambos os casos, gastos com hospedagem, refeição, som e iluminação não influenciam na escolha do nome porque já estão inclusos na produção.

Assim, o que vai intervir consideravelmente na negociação é o seu cachê. Cada um tem um critério para definí-lo, e embora seja algo muito particular, seu cálculo pode ser orientado por várias linhas de raciocínio em função de:

- Currículo: embora não seja determinante quanto à capacidade, este quesito pesa para o expectador e determinados assuntos. Consequentemente também para o orçamento.
- Tempo de apresentação: quanto tempo ficará no palco? Sabe o valor da sua hora trabalhada?
- Conteúdo: quanto você investiu para adquirir o conhecimento que estará apresentando?
- Salário: Quanto é o seu salário? Quanto pretende ganhar por mês fazendo palestras? (esta conta é muito polêmica pois se quer ganhar cinco mil e apresenta somente cinco palestras, deverá cobrar mil por apresentação. É caro? E se apresentar vinte? Não ficará muito barato?)
- Recursos utilizados: qual a produção para o seu evento? Tony Correa, na palestra “Navegar é Preciso”, não somente tem uma grande produção de cenário como também é acompanhado por músicos, iluminação, etc (diga se de passagem é um ótimo trabalho).
- O quanto você é reconhecido no assunto que estará apresentando? Seu nome está na mídia? É a mesma relação que sofre o cantor para orçar o show. Se tem uma música na novela seu preço será dez vezes maior que outro o qual fez sucesso ano passado.
- Quantas pessoas estarão presentes? Em um evento com 1000 pessoas cobrará o preço normal, mas para um trabalho sobre qualidade, por exemplo, para um grupo fechado em uma pequena empresa, pode-se oferecer um desconto para não ser pego na relação custo benefício.
- Qual o motivo de estar apresentando palestras? Estará ganhando a vida no palco ou divulgando a marca da sua empresa, seu nome, etc.

O quanto ‘você’ aceitaria pagar por uma palestra ‘sua’ também é uma boa pergunta para chamar a atenção quanto ao conteúdo, qualidade na elaboração, definição dos tópicos, qualidade na apresentação, etc. Lembre se que o público também avaliará se é ou não merecedor do cachê cobrado.

Outra maneira de definir preços é a famosa pesquisa de mercado. Veja o que os outros da mesma linha estão cobrando. Procure situações parecidas à sua para não criar uma máscara e errar na cotação. O mercado está aquecido e com certeza haverá espaço para todos. No entanto, nenhuma distância, valor, produção ou condição externa substituirá seu talento e esforço. Pense o seguinte: é preciso sempre uma boa apresentação e um tema inovador para que fique na memória e nos comentários de quem o assistiu. Seja autêntico! Não permita que após o evento as pessoas comentem: ...puxa, já ouvi isto antes! Queira sempre ouvir ...ele foi fantástico! Ache o seu mercado e bom trabalho!

Sucesso!

Equipe / Milpalestras

Anuncie aqui! Veja condição de banner. Como elaborar palestras Seu palestrante está aqui! Quero me cadastrar
Desenvolvido pela iPixel tecnologia da informação